Uma agenda com visão e propostas coletivas para justiça social

Categorias
Texto por
Comunicação Casa
Data
21 de setembro de 2020

Após o diagnóstico apontado Mapa da Desigualdade 2020, a Casa Fluminense se prepara agora para lançar a nova Agenda Rio 2030 nesta quarta-feira, dia 23/09, às 10h, em transmissão ao vivo pelas redes sociais. A publicação é mais um ferramenta produzida coletivamente com objetivo de articular soluções para os desafios históricos que marcam a vida nas nossos bairros e favelas fluminenses. Para esse lançamento, a Casa vai promover um grande encontro entre a Agenda Rio 2030 e outras iniciativas de incidência política como a Agenda Marielle, Agenda Mínima de Clima para Governos locais e a Carta-Manifesto “A Cidade que Queremos”. 

Com o tema “Visões e Propostas Coletivas para Justiça Social nas Eleições Municipais”, representantes de cada um das agendas vão participar do encontro online. Os convidados são: o coordenador executivo da Casa Fluminense, Henrique Silveira; a assistente de pesquisa do Instituto Marielle Franco e articuladora política do movimento Mulheres Negras Decidem, Fabiana Pinto; o arquiteto e urbanista e conselheiro do IAB e da Casa Fluminense, Luis Valverde; e a jornalista, articuladora e mobilizações do Instituto Clima e Sociedade, Cíntya Feitosa. 

Em sua quarta edição, a Agenda Rio 2030 vai apontar as ações que precisam ser priorizadas pelos futuros prefeitos e prefeitas no planejamento de políticas públicas nas cidades da Região Metropolitana do Rio. Elaborada com a contribuição de diversas organizações sociais parceiras e pesquisadores, o documento possui dez capítulos temáticos apresentando ações práticas nas áreas de habitação, emprego, transporte, segurança, saneamento, saúde, educação, cultura, assistência social e gestão pública.

No anos eleitorais, a iniciativa é estratégica para influenciar o debate público sobre as prioridades para o próximo mandato. Por isso, após o lançamento da nova Agenda Rio, o conteúdo será base para interlocução entre representantes da sociedade civil — que integram a rede de parceiros da Casa Fluminense — e algumas candidaturas à Prefeitura do Rio em uma série de encontros durante o mês de outubro no marco do projeto Giro 2020, realizado em parceria com a Fundação Cidadania Inteligente.

Uma das novidades desta quarta edição da Agenda Rio é a difusão da sua metodologia para cinco iniciativas locais. A partir das potencialidade e dos desafios territoriais, grupos em Queimados, Japeri, São Gonçalo, Santa Cruz e Maré estão construindo publicações com propostas de ação e visão de futuro para a melhoria das condições de vida para seus moradores.

Serviço:

Lançamento da nova Agenda Rio 2030
Quarta, dia 23 de setembro, às 10h
Transmissão ao vivo nas redes da Casa Fluminense

Outras Notícias

Download - Mapa da desigualdade

* campos obrigatórios
libero venenatis, fringilla dolor ipsum at diam commodo mattis