Fechando um ciclo 

Categorias
Texto por
Comunicação Casa
Data
18 de dezembro de 2016

capaA Casa Fluminense encerra neste ano seu ciclo de implantação. Do lançamento público em Santa Cruz até hoje, buscamos realizar o chamado a ser casa comum e polo de rede, por meio de iniciativas que se desdobram Rio afora. Produzimos um balanço dessa trajetória, apresentando o processo de formação de uma rede de ação metropolitana e as ferramentas criadas para catalisar a atuação conjunta na defesa de um Rio mais justo, democrático e sustentável. Muito foi realizado até aqui e devemos celebrar, renovando o ânimo para a construção do ciclo político a frente, que será tão mais democrático quanto maior a capacidade de mobilização autônoma e interação qualificada no debate políticas. Seguimos juntos nela, saudando 2017 que enfim chega

Confira aqui o balanço completo de atividades da Casa entre 2013 e 2016 ou dê uma olhada nos principais destaques abaixo!

Rede

A rede da Casa se caracteriza hoje pela diversidade territorial e temática: 197 associados e 124 organizações parceiras espalhadas em 13 municípios dos 21 da metrópole fluminense fazem parte de um ambiente virtual e físico de interação e construção contínua. Para ativar essa rede e fomentar sinergias, organizamos encontros e cursos sobre temas relevantes para o Rio, como superação da pobreza, regularização fundiária, violência letal e participação social. O Curso de Segurança Pública e Cidadã na Baixada e o Curso de Políticas Públicas também contribuíram para adensar a capacidade propositiva da rede. Buscando estimular cada vez mais iniciativas descentralizadas na rede, a Casa criou o Fundo de Ações.

Ações

Avançando na construção de uma rede na escala metropolitana, realizamos nestes quatro anos 8 Fóruns Rio, encontro voltado a promover a integração entre organizações parceiras, cada vez em um município diferente da metrópole. Em paralelo à articulação e mobilização nos territórios, a newsletter da Casa e o ForumRio.org foram as principais ferramentas dedicadas a expandir a troca de informações sobre mobilização cidadã e aumentar a dieta de conteúdo qualificado sobre a administração pública.

Ainda nos esforço de visualização do território metropolitano e seus desafios, lançamos o Mapa da Desigualdade, instrumento que georreferencia indicadores de acesso a serviços e condições de vida nos 21 municípios da metrópole, e o Mapa da Participação, ferramenta que reúne dados sobre a atuação da sociedade civil no território metropolitano. As plataformas têm funcionado desde então como ponto de partida para a construção de análises, propostas e estratégias de atuação conjunta.

Proposição

Encontros, cursos e ações copromovidas pelos parceiros da rede foram sempre guiados pelo anseio de gerar propostas de políticas públicas elaboradas para e por cidadãos. Uma agenda autônoma da sociedade civil, capaz de dialogar e colocar ideias para transformar o Rio metropolitano. A primeira versão da Agenda Rio 2017 ficou pronta em 2014 e segue sendo atualizada no dia-a-dia da atuação compartilhada na metrópole.

agendario

Incidência

Síntese dinâmica das prioridades e vozes dos grupos que compõem a rede desde o início, a Agenda Rio 2017 é o instrumento principal de influência da Casa no debate público. Na Campanha Rio 2017 ela é levada ao mundo com o objetivo de gerar compromisso de candidatos municipais com a realização de mandatos abertos e participativos no ciclo 2017-2020, o tão esperado pós-Jogos. 75 organizações da sociedade civil aderiram à Campanha ao longo do processo.

rival

Monitoramento

Os vínculos gerados e os caminhos abertos na Campanha Rio 2017 posicionam toda a rede de parceiros para cumprir um papel necessário quando se trata de conquistar um novo horizonte de construção democrática na cidade: o monitoramento de políticas públicas e condições de vida na metrópole. No ciclo 2017-2020 vamos nos dedicar com mais fôlego à rotina de acompanhamento da gestão pública e visualização de indicadores.

Faça parte!

Curtiu o trabalho feito e quer fortalecer a ação cidadã na metrópole? Faça uma doação para o Fundo de Ações da Casa ou torne-se um associado.

Agenda Rio

Conheça o projeto

Outras Notícias

at justo eleifend ante. libero ipsum sem, dictum consectetur