De olho nos dados: Curso de Políticas Públicas visita o COR

Texto por
Comunicação Casa
Data
13 de julho de 2023

O Curso de Políticas Públicas realizou na última sexta-feira (7) uma visita ao Centro de Operações Rio (COR), equipamento da Prefeitura do Rio de Janeiro, que monitora ações públicas a fim de reduzir o impacto de ocorrências na cidade. Os alunos da turma de 2023 do CPP foram até a central do COR, no centro da cidade do Rio de Janeiro, para conhecer a metodologia utilizada no monitoramento dos eventos e incidentes do cotidiano do Rio, a apresentação foi guiada por Caroline Rodrigues, analista de captação de recursos do centro.

Alunos do Curso na escadaria do prédio da prefeitura do Rio. (Foto: Carín Nuru)

O encontro iniciou com uma apresentação sobre o trabalho do COR, além de uma visita até a sala de monitoramento, onde ficam interligados os trabalhadores, empresas e parceiros que ajudam no acompanhamento e intervenções do município. Caroline contou como surgiu o Centro, em 2010, durante a primeira gestão da prefeitura de Eduardo Paes. De acordo com a analista de captação de recursos do centro, o desastre ambiental que ocorreu no Rio de Janeiro naquele ano, com uma chuva que causou inundações e deslizamentos em diversas áreas dos municípios da Região Metropolitana do Rio, foi o impulso para a criação do COR.

“A partir daquele dia ele (prefeito Eduardo Paes) decidiu que precisava de um centro onde pudesse monitorar esse tipo de evento, e que fosse criado protocolos com maneiras de se evitar essas tragédias”, contou Caroline.

Na visita, os alunos do curso puderam conhecer as áreas de atuação do Centro, que estão alinhadas com o monitoramento das condições meteorológicas, mobilidade, acidentes e eventos. A visita também apresentou os dados que o COR levanta durante os acompanhamentos, e através de parceiras para o monitoramento da cidade, junto ao Moovit e a Secretaria de Educação, por exemplo. Caroline destacou que todas as informações colhidas por eles estão disponíveis para acesso da sociedade civil a partir de um pedido direto ou via LAI.

Alunos atentos à apresentação realizada por Caroline Rodrigues. (Foto: Carín Nuru)

Os alunos do Curso ficaram empolgados com a possibilidade de acesso aos números e indicadores reunidos pelo COR, muitos deles estão envolvidos com o trabalho de produção de dados a fim de enfrentar as desigualdades e divulgar informações que traduzam os desafios socioeconômicos de seus territórios. A aluna, Carol Black, participou da visita e contou como foi para ela conhecer o trabalho do Centro.

 “É importante saber a qualidade e quantidade de dados levantados sobre a cidade e como as instituições, em um trabalho integrado, podem interferir e ter condição de atuar para melhoria do nosso dia a dia. Tentar ver esse monitoramento com uma ferramenta de potência para atuação do poder público e da sociedade civil”, afirmou a aluna.

Além disso, a militante do Movimento Brasil Popular falou do questionamento levantado durante a visita sobre a falta de representantes da sociedade civil na sala de monitoramento da cidade do COR.

“Eu acho que a sociedade civil olharia coisas que as instituições não estão olhando”, ponderou Carol.

O Curso de Políticas Públicas está caminhando para o fechamento das suas aulas, que se encerra no final de julho, e é muito importante para a Casa Fluminense poder ver o impacto que as trocas e aprendizados produzidos nas aulas tiveram nos alunos que participaram dessa edição do CPP e nos projetos executados por eles. Foram no total 18 aulas, além da visita externa ao COR, a turma já realizou o Circuito de Herança Africana e também fará uma aula na Alerj e no Complexo da Maré. 

Outras Notícias

Download - Mapa da desigualdade

* campos obrigatórios
ante. massa suscipit facilisis Curabitur dictum leo. neque.