Casa encerra 1ª edição do Curso de Políticas Públicas

Categorias
Texto por
Comunicação Casa
Data
7 de agosto de 2016

A Casa Fluminense encerrou na última semana a primeira edição do seu Curso de Políticas Públicas. Mais de 35 pessoas, vindas de todas as partes da metrópole fluminense e com experiência prévia de mobilização em seus territórios, participaram do ciclo de aulas voltado ao debate sobre a ação pública e políticas setoriais no Rio.

“O curso é uma plataforma para fortalecer a articulação entre atores da sociedade civil metropolitana, qualificando sua capacidade de atuação conjunta no debate de políticas públicas”, conta Vitor Mihessen, coordenador de informação da Casa e responsável por essa edição.

O objetivo se concretizou no caso da estudante de administração pública Joãnaiana Lemos, moradora do município de Japeri, um dos mais afastados da metrópole em relação às áreas centrais da capital. Foi a partir do curso que ela conheceu o Movimento Mobiliza Japeri, organização dedicada à defesa da mobilidade urbana sustentável no município. “As aulas me proporcionaram a troca de experiências com pessoas de diversos grupos da Baixada. Hoje estou atuando no Mobiliza, onde posso discutir e refletir o desenvolvimento de Japeri”, conta a estudante.

Em parceria com a Casa, o ITDP e o MDT Transferro, o Mobiliza organizou o 1º Seminário de Mobilidade Urbana Sustentável, no mês de junho. O encontro resultou na construção de um documento de propostas para a cidade, que será levado aos candidatos a prefeito nas eleições municipais de outubro.

A edição de 2016 do curso de políticas públicas foi estruturada em três etapas. A primeira debruçou-se sobre a formação da cidade metropolitana, investigando aspectos sociais e econômicos da ocupação do espaço urbano fluminense. Na segunda, debateu-se a organização do Estado e a atuação política por meio dos partidos, sindicatos e organizações da sociedade civil. No ciclo de políticas setoriais, terceiro e último, alunos e professores debateram padrões de desigualdade no Rio e no Brasil e maneiras de enfrentá-los através de políticas de segurança, cultura, educação, saúde, saneamento, mobilidade e mudanças climáticas.

Paulo Roberto Leite Júnior, estudante do curso de Segurança Pública da UFF, sai do ciclo de palestras projetando a criação de um sistema de bicicletas compartilhadas para o campus da universidade. “O curso despertou em mim o interesse de atuar mais na minha cidade”, contou ele, que pretende também estabelecer canais de diálogo com os futuros candidatos à prefeitura de Niterói, cidade onde mora, para apresentar propostas de políticas preventivas de segurança.

Conferências com profissionais que atuaram na gestão pública também fizeram parte da programação. Ricardo Henriques, economista e ex-secretário estadual de Assistência Social, falou sobre os desafios na implementação de políticas públicas de forma integrada. José Marcelo Zacchi, coordenador geral da Casa Fluminense e ex-diretor do programa UPP Social, narrou a trajetória de articulação da rede de parceiros que compõe a Casa Fluminense, contextualizando o atual momento de atuação conjunta na Campanha #Rio2017.

O Curso de Políticas Públicas acontecerá uma vez por ano, como ação permanente da Casa voltada a articular e mobilizar atores engajados em todo o território da metrópole. Mais do que uma mera ferramenta de formação, a iniciativa busca o fortalecimento da sociedade civil fluminense. “Os alunos desse primeiro ciclo têm, a partir de agora, o papel de disseminar esses conteúdos e construir novas alternativas para a cidade”, disse Vitor Mihessen, na festa de encerramento.

Outras Notícias

Download - Mapa da desigualdade

* campos obrigatórios
ut et, leo. elit. sed lectus porta. mattis dictum felis quis, ipsum