Sociedade civil promove troca de experiências para atuação em mobilidade

Categorias
Texto por
Aline Souza
Data
13 de março de 2018

 

A Casa Fluminense recebeu sua parceira Nossa BH no mês de março para realizar um intercâmbio entre organizações e a troca de experiências em torno das metodologias já desenvolvidas em sua atuação ao longo desses cinco anos de existência, principalmente direcionada para o tema da mobilidade urbana na escala metropolitana. Ambas organizações fazem parte do projeto MOBcidades – orçamento e direitos, que tem apoio financeiro da União Europeia e metodologia do Inesc – Instituto de Estudos Socioeconômicos, visando fortalecer e fomentar a participação social na gestão da mobilidade urbana, com foco na garantia do direito à cidade e ao transporte.

Tendo como ponto focal a cidade de Belo Horizonte, onde vem atuando desde 2009, a Nossa BH desenvolveu um observatório social de mobilidade urbana que tem sido usado como referência no projeto já citado. O #OBSERVAMOS-BH, que se articula em torno de quatro linhas de atuação: Observatório Municipal, Observatório Metropolitano, Articulação e Comunicação; produziu um relatório sobre a mobilidade urbana na cidade, levando em consideração o cenário de transição de governo na intenção de contribuir para mudanças institucionais que permitam consolidar avanços na abordagem da mobilidade urbana, em especial a participação da sociedade civil no desenvolvimento de​ ​políticas​ ​públicas​ ​nessa​ ​área. A publicação também relaciona outros observatórios de sucesso espalhados no Brasil e no mundo, onde faz referência ao trabalho da Casa Fluminense (vide página 47).

Confira a publicação AQUI : Estudo_de_caso_ObsMob-BH_FINAL

Intercâmbio pela mobilidade

De acordo com os integrantes da organização, fazer o intercâmbio a convite do ICS – Instituto Clima e Sociedade foi muito importante. “Nosso maior interesse era conhecer mais de perto a história, a equipe, o funcionamento da Casa Fluminense e seus principais projetos e ações, especialmente os ligados à mobilidade urbana. O intercâmbio visava conhecer especialmente os métodos e processos de ações de incidência e articulação metropolitana, pois na capital mineira está começando um processo de desenvolvimento do Plano de Mobilidade Metropolitano e estamos tentando participar de forma mais ativa. certamente esses ‘atalhos’ podem nos ajudar”, explicou a equipe formada por Marcelo Cintra do Amaral, Guilherme Tampieri e André Veloso.

Em 2016, o Nossa BH desenvolveu a​ Campanha #D1Passo em parceria com três coletivos da cidade – Movimento Tarifa Zero BH, Bike Anjo BH e Associação de Ciclistas de Belo Horizonte – BH em Ciclo – e contou com o apoio de outros tantos coletivos. O objetivo foi colocar o tema da mobilidade urbana sustentável, durante o período eleitoral, na agenda das​ ​candidaturas​ ​ao​ ​Executivo​ Municipal.

Saiba mais sobre o MOBcidades AQUI!

Conheça mais sobre o Nossa BH

Caderno de Experiências ODS no Rio Metropolitano e no Brasil

Conheça o projeto

Outras Notícias

eleifend dictum leo. adipiscing tempus quis, nec tristique