Fórum Rio 2023 reúne lideranças da Baixada para discutir racismo ambiental na periferia

Categorias
Texto por
Comunicação Casa
Data
22 de maio de 2023

O Fórum Rio 2023 está de volta para a Baixada Fluminense, este ano o evento será realizado, nos dias 2 e 3 de junho, na cidade mais preta da Região Metropolitana do Rio: Queimados. O município é um dos exemplos de como o racismo ambiental opera nas metrópoles, os moradores sofrem historicamente com as enchentes. As perdas são tão recorrentes que muitos pararam de comprar móveis para as próprias casas. Por isso, com o tema “Clima é coisa séria”, este ano o Fórum Rio 2023 vai discutir os impactos que a crise climática produz nas periferias do Rio. 

Nosso estado é responsável por mais de 2 ⁄3 das mortes causadas por desastres ambientais no país, logo, é urgente discutir aqui estratégias de justiça climática e reparação contra o racismo ambiental e a ansiedade climática. Uma das novidades deste ano é que o Fórum Rio será realizado pela Casa Fluminense em parceria com a Agenda Queimados 2030, nossos anfitriões locais são as organizações do território: Golfinhos da Baixada, Pedala Queimados, Visão Coop e AMPARA.

Lançamento do Guia Para Justiça Climática:

Para enfrentar o racismo ambiental e a injustiça climática nas periferias metropolitanas, a Casa Fluminense vai lançar uma publicação reunindo 15 tecnologias ancestrais e sociais criadas por lideranças locais que estão buscando formas de se adaptar e sobreviver ao cenário de crise dos seus territórios.

O Guia para Justiça Climática apresenta ferramentas replicáveis e inovadoras que surgiram nas favelas e periferias, pelas mãos de seus moradores, que precisam enfrentar com cada vez mais frequência a perda de entes queridos em desastres ambientais, a falta de alimento, as enchentes, o calor extremo e os efeitos da poluição na saúde. O lançamento será marcado por uma roda de conversa sobre a necessidade dar visibilidade a essas iniciativas e desenvolver estratégias de cooperação entre a sociedade civil e governos em prol da justiça climática.

Painéis de debates, oficinas, palestras e filmes exclusivos:

Este ano o Fórum Rio volta a ter atividades simultâneas entre painéis de debates, com especialistas e lideranças, até laboratórios de oficinas com parceiros da Rede Casa que atuam na área de geração cidadã de dados e narrativas. Todos os painéis vão contar com a presença de intérpretes de libras. Outra novidade são os filmes, serão exibidos o documentário “Rio, Negro”, lançado este ano pela Casa Fluminense com produção e direção da Quiprocó Filmes, e também a estreia da série documental “Como Sobreviver ao Racismo Ambiental”, produzido pela Visão Coop.

Confira a programação completa e se inscreva para as atividades aqui.

Foto: Mayara Donaria
Confira as atrações culturais confirmadas para Fórum Rio 2023:

O clima é o tema chave mas precisamos também reforçar o que queremos preservar quando falamos em justiça climática. A Baixada Fluminense sempre foi um território fértil de resgate às raízes culturais do país, um desses marcos é a força da agricultura familiar, que se tornou um dos braços para discutir um futuro mais justo e sustentável para o nosso estado. 

Para celebrar as nossas terras, o Fórum Rio 2023 também irá promover um grande arraial. É tempo de resgatar a celebração da fertilidade da terra!

O evento terá tradições juninas do nordeste brasileiro, que se enraizaram nas periferias do Rio e passaram a ocupar as ruas com os festejos se adaptando à realidade local e incorporando elementos da cultura fluminense.  Queimados na década de 90 chegou a ter 58 grupos de quadrilha espalhados pelos bairros que faziam parte da Liga Agrufomo de Queimados – Associação dos Grupos Folclóricos de Queimados. O Fogueirão Quadrilha Junina é um desses grupos, que irá se apresentar no Fórum Rio.

A rapper Ebony, cria de Queimados, vencedora do Prêmio GENIUS Brasil de Artista Revelação do Rap, será a atração principal da primeira noite do evento. No segundo dia, a programação conta com a dança do bumba meu boi, uma apresentação de forró pé-de-serra com o Trio Nilopolitano e, em seguida, o Bloco do Caramuela que vai trazer carnaval para o Fórum. Toda programação contará com uma exposição do coletivo BXD Lambe. Além disso, serão comercializados produtos de empreendedores locais, com curadoria feita pela Feira Crespa. Para as crianças, teremos um espaço com atividades e brincadeiras, produzido pelo projeto cultural afro diaspórico, Quilombinho.

Fórum Rio 2023:

📆 Dias 02 e 03 de junho
📍 Escola Municipal Metodista de Queimados – R. Ver. Marinho Hemeterio Oliveira, 1180 – Belmonte
⏰ Das 14h às 00h
✅ Entrada gratuita

Saiba mais em forumrio.org

Outras Notícias

Download - Mapa da desigualdade

* campos obrigatórios
accumsan Curabitur ultricies consequat. elit. mattis Aliquam