Tocha Olímpica da Vergonha

O revezamento da Tocha Olímpica da Vergonha, que passou por nove municípios da Baixada Fluminense uns dias antes da Tocha Olímpica oficial, teve por objetivo dar visibilidade à negligência e violência historicamente sofrida por esta região. De tons escuros e com manchas vermelhas simbolizando o sangue derramado em incontáveis assassinatos, a tocha simbolizou tanto o luto como a luta permanente pelo respeito dos direitos humanos e pela paz. As taxas de homicídios mais altas do Estado do Rio estão concentradas na Baixada, chegando a taxas de 52 homicídios a cada 100 000 habitantes em Duque de Caxias, 63 em Nova Iguaçu, 70 em Queimados e 84 em Seropédica. A quase inexistência de políticas consistentes por parte do poder público para superar a violência agrava o quadro. Isso torna o trabalho das organizações locais da sociedade civil imperativo para dar visibilidade ao tamanho do desafio da segurança pública na região, para qualificar o debate e para tratar de incidir na agenda do poder público para promover políticas públicas efetivas.

Saiba mais