Dia D da Proteção de vítimas e testemunhas ameaçadas

Categorias
Texto por
Aline Souza
Data
1 de março de 2018

 

A Casa Fluminense apoia o DIA “D” da Proteção, iniciativa promovida pela Diocese de Nova Iguaçu, o Fórum Grita Baixada, o Centro dos Direitos Humanos de Nova Iguaçu e o Conselho Deliberativo do Programa de Proteção a Vítimas e Testemunhas Ameaçadas do Estado do Rio de Janeiro.

O evento DIA “D” da Proteção tem como objetivo a promoção de políticas públicas mais acolhedoras em relação a determinadas violações de Direitos Humanos e o fortalecimento da Política de Proteção no âmbito da Campanha da Fraternidade 2018 que tem como lema “A Fraternidade e a Superação da Violência”. Cabe destacar que a primeira sentença da América Latina de alteração de nome de testemunha protegida se deu no Estado do Rio de Janeiro em março de 2010.

A data será marcada por dois eventos, dentre eles uma coletiva de imprensa que acontece no dia 6 de março na Casa Pública com a participação de Vera Cristina – Coordenadora do Programa de Proteção a Crianças e Adolescentes Ameaçados PPCAAM – RJ; Roberta Maristela dos Anjos – Presidenta do Conselho Deliberativo do Programa de Proteção a Vítimas e Testemunhas Ameaçadas/RJ,  Condel; Wellignton Pantaleão – Coordenação Geral de Proteção a Testemunha – CGPT  e Secretaria Nacional de Cidadania do Ministério dos Direitos Humanos da Presidência da República e Adriano de Araújo – Coordenador executivo Fórum Grita Baixada.

O segundo evento será um ato ecumênico no Cristo Redentor no dia 7 de março que inclui mini palestras na programação.

Confira o evento completo no FB e participe!

 

 

 

Outras Notícias

elit. Curabitur vel, ipsum felis Sed nunc