10 lugares para curtir a natureza no Rio por Inteiro

Categorias
Texto por
Aline Souza
Data
11 de abril de 2018

 

A região metropolitana do Rio possui um grande potencial turístico e econômico, porém ela é pouco conhecida pela grande maioria das pessoas que visitam a capital. Preparamos uma lista de​ 10 lugares para curtir da natureza no Rio Por Inteiro! Tenho certeza de que você vai encontrar algum programa legal para curtir com sua companhia, família e amigos!

1. Cachoeira da Concordia – Guapimirim
Guapimirim é conhecido por ser um santuário natural: cerca de 70% de seu território está distribuído em 5 áreas de proteção ambiental. Contém inúmeras cachoeiras bonitas, dentre elas a recém descoberta Cachoeira da Concordia, situada na Serra Verde Imperial. Achamos essas instruções fáceis para chegar nesse lugar mágico!

2. Trilha das Cascatas – Guapimirim
Outra beleza de Guapi é a Trilha das Cascatas, localizada na região do Socavão, no bairro Caneca Fina. É considerada como uma trilha de nível médio que dura cerca de 5 horas. O site VisiteGuapimirim oferece um pacote que inclui um café da manhã e visita guiada.

3. Parque Natural Municipal de Nova Iguaçu
O Parque Natural Municipal de Nova Iguaçu abriga trilhas, aproximadamente 14 poços e cachoeiras abertas para uso recreativo. Um belo local para caminhadas, trilhas, rapel, banhos e muito mais! O parque está localizado no conjunto orográfico do Maciço do Mendanha formado pelas serras do Mendanha, Gericinó e Madureira, possuindo uma área de 11 km², tendo sido oficialmente criado no ano de 1998.

4. Alto do Gaia – São Gonçalo
Com 534m de altitude, o Alto do Gaia é o ponto mais alto de São Gonçalo, de onde se podem observar belas vistas de municípios vizinhos como Maricá, Itaboraí e parte da Área de Proteção Ambiental de Guapimirim. O Alto do Gaia faz parte da Serra de Itaitindiba e localiza-se dentro da propriedade da Fazenda Santa Edwiges, no bairro de Santa Izabel e está aberto para visitação pública.

5. Cavernas de Santa Izabel – São Gonçalo
As cavernas de Santa Izabel são um conjunto de 22 minas com aproximadamente 10 mil metros quadrados de extensão, que foram desativadas após terem sido inundadas pela água de um lençol freático. A prática de mergulho no local não é aconselhável. As cavernas ficam dentro de uma fazenda mas são abertas ao público. É preciso ir acompanhado de alguém que conheça o caminho, pois a trilha é de mata fechada. O Grupo Granito de Montanhismo organiza visitas.

6. Parque Ecológico dos Orixás – Magé
É um parque cujo objetivo é oferecer um espaço seguro e limpo para os praticantes de religiões de matriz africana como o Candomblé e a Umbanda. Possui locais para realização de rituais, uma cachoeira e vistas muito bonitas. Mais do que uma atração de interesse turístico, é um lugar religioso. Vale a pena compartilhar com quem possa se interessar!

7. Pico da Coragem – Japeri
Considerado um dos cartões postais de Japeri, o Pico da Coragem tem, aproximadamente, 520m de altura. O espaço costuma ser utilizado pelos amantes de esportes para a prática de voo livre, asa-delta e parapente assim como para realizar trilhas. O acesso ao local é conhecido como Caminho da Coragem, uma trilha que tem cachoeiras e é usada para caminhadas. Acesse este relato para entender melhor a magia do lugar!

8. Parque Natural do Gericinó – Nilópolis
O Parque Natural do Gericinó fica dentro da Área de Proteção Ambiental (APA) do Gericinó-Mendanha e está situado no Campo de Instrução de Gericinó (CIG).Tem aluguel de bicicletas, local para malhar, jogar futebol e fazer piqueniques, entre outros. Para quem não conhece o parque é um belíssimo espaço de extensa área verde, onde você pode desfrutar de momentos de descanso, esporte e lazer no meio da natureza em plena Baixada Fluminense!

9. Parque Paleontológico de São José de Itaboraí – Itaboraí
Escondido no discreto bairro de São José no município de Itaboraí, está o único sítio paleontológico do território fluminense, que é objeto de estudo de pesquisadores nacionais e estrangeiros. Apesar de suas dimensões reduzidas, o parque paleontológico de São José é extremamente rico em fósseis e constitui um importante monumento natural do Estado do Rio de Janeiro.

10. Pedra do Elefante – Niterói
A Pedra do Elefante é também conhecida oficialmente como Alto Mourão. A trilha para acessar a Pedra fica localizada dentro do Parque Estadual da Serra da Tiririca. A Pedra tem aproximadamente 400 metros de altura e oferece vistas lindíssimas para o oceano e as cidades de Niterói e Maricá. Vale a pena o esforço físico!

GOSTOU DAS DICAS?

 

Sabemos que você faz parte de uma rede de pessoas interessadas e engajadas por um Rio melhor, mais humano e menos desigual, convidamos você a conhecer nossa campanha da Rio Por Inteiro na Benfeitoria !

Acesse e contribua!!  http://bit.ly/RioInteiro10lugares

 

 

Agenda Rio

Conheça o projeto

Outras Notícias

accumsan Phasellus venenatis, adipiscing pulvinar dictum